- InformNapalm.org (Português) - https://informnapalm.org/pt -

Pela primeira vez após 6 anos de guerra, o Twitter bloqueou todas as contas oficiais da comunidade internacional voluntária de informação OSINT, InformNapalm

Informamos os nossos leitores que, pela primeira vez em 6 anos de guerra russo-ucraniana, todas as contas oficiais da comunidade internacional voluntária de informação OSINT, InformNapalm [1] em língua ucraniana tal como em idiomas estrangeiros foram bloqueadas. Também a página pessoal do fundador e editor [2] chefe da INFORMNAPALM.ORG Roman Burko foi bloqueada simultaneamente, no Twitter sem nenhuma explicação.

Provavelmente, este é o resultado de um ataque das fábricas de “trolls” da Federação Russa. O bloqueio simultâneo ocorreu poucas horas depois de o último tweet ter sido divulgado com factos importantes que revelam a presença de moderno equipamento militar russo em Donbass.

Esses tweets continham dados completos incluindo a geolocalização, fotografias aéreas e identificação de equipamento militar russo na região de Luhansk.

[3]

Além disso, no sistema de mensagens internas do Facebook apareceram mensagens estranhas que continham informação sobre o possível bloqueio de publicações da InformNapalm. 

Isso parece uma falha de serviço, um problema com os algoritmos automáticos das redes sociais que poderia ter sido provocada por mensagens falsas de “trolls” russos.

“Trolls” russos adaptaram-se perfeitamente aos novos mecanismos de bloqueio.

Também é óbvio que as fábricas de “trolls” russos adaptaram-se ao uso de mecanismos de bloqueio de contas no contexto da luta internacional contra disseminação de ”fake news” a respeito do COVID19.

Estes agentes usam esses mecanismos para bloquear todos que revelam a verdade sobre a agressão militar russa.

Não podemos excluir o facto de que esta actividade sem precedentes dos “trolls” russos é causada pelo desejo da liderança russa de apagar todas as provas da continuação da agressão russa em Donbass, porque interrompe os planos do Kremlin de usar no futuro a crise global causada pela pandemia do coronavírus para solicitar o levantamento de sanções internacionais.

De que forma é que pode ajudar a divulgar informações OSINT enquanto os seus membros estão bloqueados nas redes sociais

Convidamos os leitores a ter em atenção que a Federação Russa está a tentar, de forma, cada vez mais agressiva isolar completamente a nossa comunidade voluntária da oportunidade de divulgar informação OSINT através das redes sociais.

É por isso que pedimos que marquem o nosso site como favorito, verifiquem periodicamente se há actualizações e ajudem a divulgar publicações por qualquer meio disponível: blogs, páginas e grupos sociais, através de publicações nos meios de comunicação e  muito mais.

Normalmente, os nossos artigos mais recentes são publicados pela primeira vez em ucraniano na secção “NEWS”. E só depois é que gradualmente adicionamos traduções dessas publicações em idiomas estrangeiros. Pode acompanhar a adição de novas versões em diferentes  idiomas usando os ícones que se encontram sob o cabeçalho do artigo.

Vejam também

 


Tradução: Helena Sofia da Costa.
Distribuição e partilha com referência à fonte são bem-vindas! (Creative Commons – Atribuição Internacional 4.0 – CC BY 4.0)

O InformNapalm [1] não tem nenhum apoio financeiro do governo de nenhum país ou doador, os únicos patrocinadores do projeto são os seus voluntários e leitores. Também pode ajudar o InformNapalm com uma contribuição através da plataforma Patreon [11].

Siga o InformNapalm no Facebook [12] / Twitter [13] / Telegram [14]e fique a par das novas publicações da comunidade.