- InformNapalm.org (Português) - https://informnapalm.org/pt -

Exercícios internacionais “Sea Breeze 2020” começaram no Mar Negro

Como foi relatado pelo site oficial [1] do Ministério da Defesa da Ucrânia, a 20 de Julho de 2020, o 20º exercício ucraniano-americano “Sea Breeze 2020” começou no Mar Negro. Este ano, devido à pandemia de COVID-19, os exercícios internacionais da série “Sea Breeze 2020” serão limitados à fase marítima com o envolvimento de aviação. Todos os eventos ocorrerão no Mar Negro sem contacto pessoal.

O treino internacional durará 7 dias. O exercício envolverá O USS Porter DDG-78 [2] (é um contratorpedeiro da classe Arleigh Burke que pertence à Marinha de Guerra dos Estados Unidos) e as aeronaves de patrulha P-8 Poseidon [3], uma aeronave militar desenvolvida para a Marinha dos Estados Unidos, bem como navios de grupos navais permanentes à OTAN que já chegaram ao Mar Negro.

No total, está planeada a participação  no exercício “Sea Breeze 2020”  de cerca de 2.000 pessoas de 9 países, mais de 20 navios, além de aviões, helicópteros, etc. Em geral, para além da Ucrânia e dos Estados Unidos, os militares da Bulgária, Geórgia, Noruega, França, Roménia, Espanha e Turquia participarão nos exercícios.

Os exercícios “Sea Breeze 2020” no Mar Negro começam num contexto de uma súbita aglomeração de tropas russas [4] perto das fronteiras da Ucrânia, que envolve cerca de  150 mil militares russos.

Por isso, tornou-se claro hoje que o presidente da Federação Russa, Vladimir Putin [5] também chegou à Crimeia temporariamente ocupada a 20 de Julho. 

Voluntários da comunidade internacional de informação OSINT InformNapalm [6] também publicaram informações actualizadas sobre as manobras do exército russo perto da fronteira da Ucrânia e sobre o uso dos sistemas da guerra electrónica em Donbas tal como na Crimeia ocupada pelos russos.


Ler mais informação:


Tradução: Helena Sofia da Costa. Distribuição e partilha com referência à fonte são bem-vindas! O InformNapalm [14] não tem nenhum apoio financeiro do governo de nenhum país ou doador, os únicos patrocinadores do projeto são os seus voluntários e leitores. Também pode ajudar o InformNapalm com uma contribuição através da plataforma Patreon [15].

Siga o InformNapalm no Facebook [16] / Twitter [17] / Telegram [18]e fique a par das novas publicações da comunidade.