- InformNapalm.org (Português) - https://informnapalm.org/pt -

Ucrânia abate drone russo “Forpost”

Днепр1 [1]
No dia 20 de maio, o grupo das operações especiais do regimento ucraniano
Dnipro-1 [2]”, em conjunto com os operativos do Centro das Operações Especiais (CSO), que estavam engajados na deteção e liquidação dos grupos de sabotagem terroristas na região de Donetsk, conseguiram abater o drone russo “Forpost” (Posto avançado), que efetuava as ações de espionagem no espaço aéreo da Ucrânia, nos arredores da localidade de Vodiane.

O Centro de imprensa da Operação Antiterrorista (OAT), organizou um briefing à comunicação social na cidade de Kramatorsk, onde publicamente foram apresentadas as provas da presença do exército russo no leste da Ucrânia. Aos jornalistas mostraram o drone “Forpost” (Searcher Mk.2), produzido na Fábrica de Aviação Civil dos Urais (UZGA, cidade de Yekaterimburgo), sob a licença da companhia israelita Israel Aerospace Industries (IAI).

БПЛА [3]A identificação positiva do drone foi possível graças ao seu número de fábrica: 923 (marcado nas fotos à vermelho). O drone com o mesmo número figurava na reportagem do “Centro da análise das estratégias e tecnologias”, efetuada na Fábrica de aviação civil dos Urais em 2013 e colocada sob a consulta livre na rede social Livejournal [4]. É de notar que toda a linha dos drones táticos e de reconhecimento israelitas, “IAI Searcher Mk.2” é fornecida às forças armadas da federação russa sob a designação de “Forpost”.

Завод1 [5]Pelos dados do Centro para análise do comércio mundial de armamento (Armstrade.org, Moscovo, Rússia), em abril de 2009, a Rússia comprou dois drones israelitas, «Searcher Mk.2» pelo preço global de 12 milões de dólares americanos. O facto que permite avaliar o custo de uma unidade em cerca de 6 milhões de dólares.

Завод2 [6]

Com base nos dados atualizados de compras estatais da federação russa e do concurso público para a execução de obras de supervisão técnica de exploração do VANT “Forpost” para as necessidades do Ministério da Defesa da Federação Russa, foi possível saber os números das unidades militares que estão armadas com estes aparelhos (documento sobre as compras estatais D_GOZ_22 [7] na versão de 17.04.2015, no seu ponto 3.2):

A placa de identificação israelita da antena do drone [8]

A placa de identificação israelita da antena do drone

Recordamos, que anteriormente, a InforNnapalm [9] já apresentou a informação detalhada sobre a presença ilegal da 19ª Brigada motorizada de infantaria das FA russas na Ucrânia. Um dos membros da brigada, Nikolay Belokobylchenko, aparece, juntamente com os seus comparsas armados, nas fotografias tiradas na cidade de Donetsk (em frente do estádio “Donbas-Arena”). O referido militar foi formado no Centro de preparação dos especialistas dos complexos voadores não tripulados (a unidade militar № 20924, cidade de Kolomna, região de Moscovo), que figura como uma das unidades que opera os drones “Forpost”.

A placa de identificação russa do drone [10]

A placa de identificação russa do drone

Desta maneira, a equipa da InformNapalm, analisando os dados disponíveis nas fontes públicas de inteligência (OSINT [11]), conseguiu obter os dados precisos sobre as unidades militares e sobre os próprios militares que possivelmente participam nas ações de espionagem e de reconhecimento no território da Ucrânia, permitindo o funcionamento da artilharia e dos grupos de sabotagem das forças conjuntas russo-separatistas.

por: Roman Burko [12]
tradução: Ucrânia em África [13]

Fontes:

https://informnapalm.org/9230-drone-forpost-donbas [14] (russo)
https://informnapalm.org/de/abgeschossene-kampfdrohne-eine-spur-der-russischen-einheiten-wurde-ermittelt [15] (alemão)