- InformNapalm.org (Português) - https://informnapalm.org/pt -

Ucrânia destrói na Donbas 2 estações russas de guerra eletrónica (vídeo, FactCheking)

No dia 2 de julho foram divulgados os vídeos que mostram a destruição na Donbas de um ponto de inteligência russa, que incluía duas unidades móveis de inteligência e de combate eletrónico. A comunidade OSINT InformNapalm [1] realizou a averiguação do caso, encontrando as coordenadas e reuniu as informações de interesse público.

Oficial das FAU, que escreve no Facebook sob o pseudónimo de Dmitriy Müller [2], publicou o vídeo que mostra a destruição/danos de duas estações russas de guerra eletrónica na Donbas. As estações russas foram atingidas por uma das unidades das FAU em 29 de junho de 2019, perto do assentamento de Mayorove na região de Donetsk.

 

Realizando uma análise comparativa é possível dizer que uma estação que aparece no vídeo realmente possui os elementos semelhantes aos do moderno complexo automatizado tático móvel russo de controlo de rádio “TORN-MD” e o segundo é a estação russa de interferências R-330Zh “Zhitel”. Os dois sistemas trabalham em conjunto: “TORN-MD” – conduz as ações de inteligência e “Zhitel” efetua a supressão de comunicações do adversário.

[3]Os dois sistemas são equipamentos complexos e caros que só podem ser geridos/gerenciados por especialistas. Portanto, pode-se supor que, além de atingir valiosos sistemas do inimigo, as forças ucranianas também atingiram os militares do exército russo no ativo [oficial ucraniano reporta 2 mortos e 3 feridos entre o pessoal que estava servir nas estações].

Os voluntários do grupo OSINT InformNapalm conseguiram a geolocalização do vídeo e determinaram as coordenadas exatas em que se encontravam os sistemas russos atingidos: 47°29’50.2″N 37°58’31.6″E.

A presença destes complexos russos na Donbas já foi documentada anteriormente

Assim, em 10 de fevereiro de 2019 o drone da missão de vigilância especial da OSCE detetou o sistema de inteligência eletrónica “Torn” na base do camião/caminhão KamAZ, junto aos prédios residenciais na localidade ucraniana de Novohryhoryvtsi. Isto foi relatado no relatório da OSCE [4].

Os voluntários da InformNapalm repetidamente e desde 2015, detetam e publicam as fotos e coordenadas da colocação de sistemas russos “Torn” e as sistemas de interferências R-330Zh “Zhitel” que fazem parte do banco de evidências da presença militar russa na Donbas.

Em 1 de julho de 2019 a base de dados contava com 51 tipos de equipamentos militares e armamento exclusivo das forças armadas russas, avistados no território ocupado da Ucrânia, nas regiões de Donetsk e Luhansk. Além disso, InformNapalm possui a base de dados dos militares russos pertencentes às 98 diferentes unidades militares da federação russa que participaram na guerra contra Ucrânia como assessores, comandantes ou membros das unidades híbridas das forças de ocupação russas.


(Creative Commons Attribution 4.0 International – CC BY 4.0 [5])
Share with friends.
For notifications about InformNapalm investigations follow us on
Facebook [6] / Twitter [7] / Telegram [8]